CERVEJA, EMBRIAGUEZ E SOCIEDADE Tríade que reúne humanos há séculos

Adriano Marcena

Resumo


O objetivo deste ensaio é identificar as evidências históricas que favoreceram o fortalecimento da cerveja como fator de união entre as pessoas em diferentes contextos sociais. A metodologia empregada foi pautada em pesquisa bibliográfica de autores especialistas, contemplando a análise de fontes primárias e secundárias. Na elaboração do texto, tentou-se estabelecer uma analogia, se é que é possível, entre as etapas do ato de bebericar e o desenvolvimento narrativo da linguagem textual. Tal exercício permitiu que o trato com o texto fosse se tornando, lentamente, mais flexível ao longo de seu feito para tornar-se, assim, mais próximo dos leitores. Percebeu-se que a cerveja
tem uma estreita ligação com os seres humanos ao longo dos séculos, pontuando relações hierárquicas, econômicas e simbólicas. A conclusão é que o ato de
consumir cerveja facilita o exercício do ethos sociológico, reforça laços sociais e permite que alguns grupos humanos conectem-se com suas divindades.

Palavras-chave


Cerveja; Sociedade; Embriaguez; Fermentação

Texto completo:

PDF

Referências


A EPOPÉIA de Gilgamesh. 2.ed. Tradução Carlos Daudt de Oliveira. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

BELTRAMELLI, M. Cervejas, brejas e birras: um guia completo para desmistificar a bebida mais popular do mundo. São Paulo: Leya, 2012.

CALADO, F. M. O valeroso Lucideno e o triunfo da liberdade. Organização e estudo introdutório Leonardo Dantas Silva. 5. ed. Recife: CEPE, 2004. V.1. (Série 350 anos. Restauração pernambucana, 1).

CARNEIRO, H. Pequena enciclopédia da história das drogas e bebidas: histórias e curiosidades sobre as mais variadas drogas e bebidas. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005.

CASCUDO, L. C. História da alimentação no Brasil. 3. ed. São Paulo: Global, 2004.

CHEVALIER, J. Dicionários de símbolos: (mitos, sonhos, costumes, gestos, formas, figuras, cores, números). Jean Chevalier, Alain Gheerbrant, com a colaboração de: André Barbault. et al.; coordenação Carlos Sussekind; Tradução Vera da Costa e Silva. [et al.] 14.ed. - Rio de Janeiro: José Olympio, 1999.

COSTA, F. A. P. da. Anais Pernambucanos. 1818-1823. Prefácio Nilo Pereira. Aditamentos e correções de José Antônio Gonsalves de Mello. Recife: Fundarpe. Diretoria de Assuntos Culturais, 1984. V. 8 il. (Coleção Pernambucana – 2ª fase, 9). Fac-simile da edição de 1962 do Arquivo Público Estadual.

COZINHEIRO nacional, ou, Coleção das melhores receitas das cozinhas brasileira e européias: para preparação de sopas, molhos, carnes... / revisão Geraldo Gerson de Souza e Maria Cristina Marques. São Paulo: Ateliê Editorial: Editora Senac São Paulo, 2008.

DIARIO DE PERNAMBUCO, Recife, p. 3, 04 abr. 1844.

DIARIO DE PERNAMBUCO, Recife, p. 5, 04 fev. 1875.

ELIAS, N. Introdução à sociologia. Tradução Maria Luísa Ribeiro Ferreira. Edições 70: Lisboa, 2008. (Biblioteca 70 ; 16).

FONTES PARA A HISTÓRIA DO BRASIL HOLANDÊS: a economia açucareira / [textos editados por José Antônio Gonsalves de Mello; organização e estudo introdutório

Leonardo Dantas Silva; apresentação Dorany Sampaio. 2.ed. Recife: CEPE, 2004. V.1 (Série 350 anos. Restauração pernambucana; 8).

GONZAGA, Luiz. Karolina com K. Composição: Luiz Gonzaga. Disco Chá cutuba. RCA, 1977, lado B, faixa 6, vinil, (06m40).

GOMENSORO, M. L. Pequeno dicionário de gastronomia. Rio de Janeiro: Objetiva, 1999.

MARCENA, A. Dicionário da Diversidade Cultural Pernambucana. Recife: O autor, 2010.

MELLO, F. P. de. Guerreiros do sol: violência e banditismo no Nordeste do Brasil. Prefácio Gilberto Freyre; coordenação Estúdio Sabiá. São Paulo: A Girafa, 2004.

MELLO, J. A. G. de. Tempo dos Flamengos: influência da ocupação holandesa na vida e na cultura do Norte do Brasil. 3.ed. Recife: Fundação Joaquim Nabuco/Massangana, 1987.

ROUANET, S. P. Mal-estar na modernidade: ensaios. São Paulo. Cia. das Letras, 1993.

SZTUTMAN, R. Cauinagem, uma comunicação embriagada. Apontamentos sobre uma festa tipicamente ameríndia. Disponível em: Sexta feira. nº 02, ISSN 1415-689X, p. 126. Abril de 1998.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Arquivos Brasileiros de Alimentação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons