Poesia Popular, a Agroecologia e a Construção da Identidade Rural no Território do Pajeú

Autores

  • Caio de Meneses Cabral Universidade Federal do Piauí

Resumo

Este trabalho apresenta dados preliminares de pesquisa de doutorado que está sendo desenvolvida por estes autores. Para tal, focamos especificamente em um dos objetivos da pesquisa, que é analisar o papel da poesia popular na construção da identidade rural no Território do Pajeú. A partir desses dados, analisamos como a convergência entre a Agroecologia e a Poesia Popular Rural pode contribuir no fazer agroecológico no Pajeú. A metodologia desenhada para a coleta das informações foi adaptada para o período de isolamento social decorrente do advento da pandemia provocada pelo Novo Coronavírus (Cov-Sars-19) e faz parte do arcabouço metodológico da pesquisa. Um dos entrevistados, ao ser questionado sobre a importância da poesia popular do Pajeú para agricultura e para a sua identidade como pajeuzeiro, dentre tantas outras afirmativas, poeticamente respondeu: Sem mata, morre a cultura/De cura e de mantimento/Vindo a geração futura/Se perde o conhecimento/A terra fica doente/A população carente/Dos seus alimentos nobres/O capital tem seus picos/Os ricos ficam mais ricos/Os pobres muito mais pobres (estrofe desenvolvida por Marquinhos da Serrinha, poeta rural do Pajeú). O diálogo entre a poesia popular e a Agroecologia parece ser um caminho estratégico para a expansão do fazer agroecológico. No Pajeú, pode-se dizer, em caráter preliminar, que sem Poesia Popular Rural não há Agroecologia!Palavras-chave: Agricultura, fazer agroecológico, poeticamente.

Biografia do Autor

Caio de Meneses Cabral, Universidade Federal do Piauí

Professor de Exntensão Rural, do Colegiado de Engenharia Agronômica, do Campus Professora Cinobelina Elvas - Universidade Federal do Piauí.

Referências

ANDRADE, M. C.; A terra e o homem no Nordeste: contribuição ao estudo da questão agrária no Nordeste. – 8 ed. – São Paulo : Cortez, 2011.

BRANDÃO, C. R.; Pesquisa participante. São Paulo: Brasiliense; 1980.

BRANDÃO, C. R.; O Trabalho como Festa: Algumas Imagens e Palavras sobre o Trabalho Camponês Acompanhado de Canto e Festa.– São Paulo: Editora UNESP; Brasília, DF: Núcleo de Estudos Agrários e Desenvolvimento Rural, 2009.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Agrário. Sistema de Informações Territoriais SIT/MDA. Brasília, maio de 2004.

CABRAL, C. M.; HERNANDÉZ, D. G.; SANCHEZ, I. V.; Diálogos e Convergências entre a Agroecologia e a Cultura Popular Camponesa para a Transição Agroecológica Brasileira. Revista Brasileira de Agroecologia, 2019.

CASCUDO, L. C.; Vaqueiros e Cantadores. São Paulo: Global, 2005.

CASTELLS, Manuel: O Poder da Identidade. 2. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1999

COELHO, J.; As secas do Nordeste e a indústria das secas. Petrópolis: Vozes, 1985.

FASANELLO, M. T.; NUNES, J. A.; PORTO, F. S. P.; Metodologias colaborativas não extrativistas e comunicação: articulando criativamente saberes e sentidos para a emancipação social. Reciis – Rev Eletron Comun Inf Inov Saúde. 2018 out.- dez.

HAESBAERT, R.; LIMONAD, E.; O território em tempos de globalização. Revista Eletrônica de Ciências Sociais Aplicadas etc..., espaço, tempo e crítica. N° 2(4), vol. 1, 2007.

JÚNIOR, C. P.; História Econômica do Brasil. Brasília: Editora Brasiliense, 1970.

MELO, A. C.; Um certo Jó Patriota. Recife (PE): SINDESEP, 2001.

MORIN, E.; Introdução ao Pensamento Complexo. Tradução do francês Eliane Lisboa. – Porto Alegre: Sulina, 2006.

PETERSEN, P.; LUCIANO, M. S.; GABRIEL, B. F.; SILVIO, G. A.; Articulação Nacional de Agroecologia (Brasil). Método de análise econômico-ecológica de Agroecossistemas – 1. ed. - Rio de Janeiro : AS-PTA, 2017.

SANTOS, B. S.; Meneses, M. P.; Epistemologias do Sul. São Paulo: Cortez Editora; 2014.

SOLER, L.; As Raízes Árabes, Tradição Poético-Musical do Sertão Nordestino. Recife: Universidade Federal de Pernambuco, Editora Universitária, 1978

TOLEDO, V. T.; BARRERA-BASSOLS, N.; La Memoria Biocultural. Icaria Editorial, 2008.

Downloads

Publicado

2021-01-11

Como Citar

Cabral, C. de M. (2021). Poesia Popular, a Agroecologia e a Construção da Identidade Rural no Território do Pajeú. Brazilian Journal of Agroecology and Sustainability, 2(2). Recuperado de http://journals.ufrpe.br/index.php/BJAS/article/view/3779

Edição

Seção

Artigos