Simulações climáticas regionais na Amazônia durante a estação chuvosa, usando o REGCM

Irene Cristina Corrêa, Everaldo Barreiros de Souza

Resumo


O presente trabalho é um estudo sobre a variabilidade sazonal da precipitação sobre a bacia amazônica, durante o período chuvoso, o verão (DJF) e outono (MAM). Baseado em simulações climáticas pelo modelo REGCM3 para um período de 12 anos (1998/99 a 2008/09) usando domínio em alta resolução (40 km) e dois diferentes esquemas de convecção (Grell e MIT-Emanuel), investigou-se o desempenho do modelo para simular a distribuição pluviométrica regional com referência aos dados de precipitação dos GPCP, os dados TRMM e dos dados GAUGE. A análise mostrou que a avaliação quantitativa do REGCM3 apresentou erros sistemáticos, especialmente aqueles relacionados com viés seco no nordeste da Amazônia usando o esquema Grell e também viés úmido no sul da Amazônia usando o esquema convectivo MIT. Verificou-se também que as simulações com o RegCM3 Grell não reproduziram adequadamente as características da ZCIT, relacionadas com as chuvas, sobre o Oceano Atlântico equatorial. Isso acontece, provavelmente, devido a intensificação da circulação troposférica localizada no lado oriental do Oceano Atlântico equatorial. Embora o esquema MIT produza sistematicamente uma superestimação da precipitação observada sobre as regiões da Amazônia e da ZCIT, as distribuições espaciais de precipitação e mostrou melhor correspondência com GPCP, TRMM e dados GAUGE, comparados com os resultados Grell.


Texto completo:

PDF (Português)


DOI: https://doi.org/10.24221/jeap.3.4.2018.2021.386-395

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista e Autor

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.