Utilização do Ludismo Como Instrumento na Recuperação de Conteúdos Ligações Químicas

Kelly Aparecida Ferreira Campos, Yorrana Marquenis Silva, Alanna Evellin Alves Ferreira, Antonio Carlos Chaves Ribeiro, Cinthia Maria Felicio

Resumo


Dificuldades dos estudantes no ensino de química, que ainda é predominantemente tradicional, podem ser observadas na escola básica e necessitam ser superadas. Abordagens mais interativas e que envolvam o protagonismo do aluno podem ser alternativas viáveis e já apresentam bons resultados, pois permitem tomadas de decisões mais autônomas. Neste sentido foi desenvolvido uma proposta com 4 turmas de primeiros anos de um colégio estadual na cidade de Morrinhos – GO e a temática trabalhada foi ligações químicas, assunto escolhido pela professora, para as avaliações de recuperação. Assim, para realizar um estudo contrastando duas abordagens, duas turmas do período matutino, a abordagem trabalhada foi tradicional, já as outras duas, do período vespertino, foi proposto uma atividade lúdica. Esta atividade foi trabalhada por duas alunas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) - Química, Campus Morrinhos, do Instituto Federal Goiano (IFGoiano). Os resultados destas observações são discutidos, sendo possível algumas reflexões sobre aspectos do ludismo e o processo de ensino aprendizagem em química. Mudanças de postura, maior participação, melhor desempenho dos estudantes e responsabilidade pela própria aprendizagem são alguns dos resultados da aplicação desta atividade que precisam ser considerados.

Palavras-chave


Atividade lúdica; Recuperação; Ligações químicas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Kelly Aparecida Ferreira Campos, Yorrana Marquenis Silva, Alanna Evellin Alves Ferreira, Antonio Carlos Chaves Ribeiro, Cinthia Maria Felicio