Desenhos Animados e o Ensino de Química: Possibilidades de Recursos Audiovisuais

Eduardo Luiz Dias Cavalcanti, Júlia Neves Prates Serrano

Resumo


A televisão, com o passar dos anos, tem sido muito importante para todos, a partir dela é possível transmitir conteúdos, notícias e informações rapidamente, como não era visto tempos atrás. Com a evolução da tecnologia foi possível ver a transformação da população para uma em que a televisão é um dos principais meios de comunicação e lazer. O desenho animado, que é um programa bem recorrente em diversas redes de televisão, faz parte, nos dias de hoje, do cotidiano da criança que faz desse momento uma forma de lazer e diversão. Porém, os desenhos mais recentes não querem apenas a diversão e sim também uma forma de educação. Eles trazem diversos conteúdos que vão de ciências à etiqueta e ajuda na socialização da criança. A partir de assuntos em comum uma criança é capaz de se relacionar com outras, por meio de conversas sobre o desenho que assistiu, brincadeiras envolvendo o desenho preferido, entre outras. Com isso, os desenhos animados passam de vilões da história para auxiliares na aprendizagem, que podem ser utilizados como ferramentas de ensino em escolas e diversas faixas etárias. Esse trabalho tem como objetivo estudar a influência dos desenhos animados na aprendizagem dos alunos de conceitos de química, mais especificamente o desenho Show da Luna, e será um estudo qualitativo de um Estudo de Caso.


Palavras-chave


Ensino de Química; desenhos animados; televisão

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Eduardo Luiz Dias Cavalcanti, Júlia Neves Prates Serrano