O Uso da sequência didática no ensino de Química: um caso específico no estágio supervisionado

Autores

  • Bruna Klauck Mezacasa Ulbra
  • Débora Luana Kurz ULBRA
  • Everton Bedin UFPR

Palavras-chave:

Sequência Didática. Estágio em Química. Prática Pedagógica.

Resumo

No presente artigo relata-se a experiência de um estagiário em Licenciatura em Química durante a prática pedagógica realizada à luz da Sequência Didática (SD) em turmas do primeiro ano do Ensino Médio, buscando cativar e incentivar os alunos em relação aos conceitos e aos conteúdos da ciência química e as suas relações de saber com o próprio contexto sociocultural. Para tanto, o estágio dividiu-se em três momentos: a observação, a prática pedagógica, a qual consistiu no desenvolvimento de 10 ambientes de aprendizagem, e a aplicação de um projeto vinculado a SD. A coleta de dados na atividade desenvolvida por dois meses e meio em uma escola pública da região metropolitana de Porto Alegre, Estado do Rio Grande do Sul, ocorreu por meio da participação e da observação do estagiário, bem como da aplicação de pré e pós-teste nos alunos, caracterizando a pesquisa como pesquisa-ação de cunho qualitativo. A análise dos dados, a qual é representada por meio de gráficos, tabelas e figuras, aponta que a utilização da SD se caracteriza como potencialmente significativa à construção e à reconstrução de conhecimentos nos alunos, bem como um mecanismo de qualificação docente em relação aos saberes e as práticas pedagógicas do professor durante o estágio.

Downloads

Publicado

2020-12-31

Edição

Seção

Debates em Ensino e Aprendizagem da Química