Anais da Academia Pernambucana de Ciência Agronômica http://journals.ufrpe.br/index.php/apca <div> <p>A Academia Pernambucana de Ciência Agronômica, desde 2004, vem editando os <strong>Anais da Academia Pernambucana de Ciência Agronômica</strong> (AAPCA), com periodicidade anual até o ano de 2017. Em 2018, ano em que são comemorados os <strong>15 anos de publicação</strong> dos AAPCA, a periodicidade da Revista passa a ser semestral.</p> <p>Registrados sob o <strong>ISSN: 1980-0258</strong>, em atendimento à Lei nº 10.944, de 14 de dezembro de 2004 de Depósito Legal, os Anais da APCA encontram-se indexados na<strong> Base QUALIS DA CAPES (B5-10)</strong> e na <strong>Base Latindex</strong> – Sistema Regional de Información em Linea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal. Também estão registrados sob o <strong>INSS-Eletrônico 2448-2811</strong>.</p> </div> <div><strong><span style="color: #000000;">Prof. Mario de Andrade Lira Junior<br /></span></strong></div> <div><strong><span style="color: #000000;">Editor</span></strong></div> Academia Pernambucana de Ciência Agronômica pt-BR Anais da Academia Pernambucana de Ciência Agronômica 1980-0258 <img src="https://i.creativecommons.org/l/by-nc-sa/4.0/88x31.png" alt="Licença Creative Commons" /> TENDÊNCIA E VARIABILIDADE ANUAL DA PLUVIOSIDADE NO MUNICÍPIO DE MORRO DO CHAPÉU, BAHIA, BRASIL http://journals.ufrpe.br/index.php/apca/article/view/3254 <p><strong> </strong>O objetivo deste estudo foi analisar a tendência pluviométrica temporal e verificar o comportamento de tendência do índice de aridez da série histórica de 39 anos no município de Morro do Chapéu, Bahia. Os dados meteorológicos foram disponibilizados pelo Instituto Nacional de Meteorologia – INMET, no período de janeiro de 1962 a dezembro de 2018. Com estas informações, foi possível utilizar técnicas estatísticas de análise exploratória para entender a dinâmica climática. Com base nos resultados encontrados, constatou-se que a média dos totais anuais de chuva e temperatura para a série foi 59,95 mm e 20,94 ºC respectivamente, revelando pelo teste de Mann-Kendall uma tendência crescente de aridez, sendo obtido a classificação climática clima C<sub>1</sub>wB’<sub>3</sub>a’. O balanço hídrico resultou em dez meses de deficiência hídrica, retida apenas nos meses de fevereiro e dezembro. A classificação climática Conclui-se que, as informações permitiram conhecer a dinâmica ambiental temporal do município, permitindo elaborar e implementar adequado planejamento agrícola para melhor convivência com sua diversidade e consequentemente maior desenvolvimento rural.<strong></strong></p> Taiara Souza Costa Ramon Amaro de Sales Roberto Filgueiras Robson Argolo dos Santos Evandro Chaves de Oliveira Copyright (c) 2022 Anais da Academia Pernambucana de Ciência Agronômica http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0 2022-01-04 2022-01-04 18 2 VARIABILIDADE ESPACIAL DE ATRIBUTOS QUÍMICOS DO SOLO E PRODUTIVIDADE DA SOJA http://journals.ufrpe.br/index.php/apca/article/view/3798 A agricultura de precisão é uma ferramenta de gerenciamento em constante crescimento. Com o intuito de avaliar o efeito de 12 anos de agricultura de precisão sobre os atributos químicos de solo e sua correlação com a produtividade, foram realizadas de análises de geoestatísticas por meio de técnica de krigagem para estimar a variabilidade do talhão estudado no solo Latossolo vermelho-escuro de textura argilosa, além de correlacionar produtividade da soja com a disponibilidade de nutrientes. Foi constatado que houve baixa variabilidade de elementos químicos na camada de 0-20 cm, indicando que a disponibilidade desses nutrientes encontra-se em níveis adequados, porém na camada de 20-40 cm essa disponibilidade de nutrientes é mais restrita aumentando a variabilidade, mas não interferindo na produtividade da soja. O uso da agricultura de precisão e aplicações em taxa variável surtiu efeito quanto à redução na variabilidade espacial do solo, bem como no aumento de produtividade com uso racional de insumos agrícolas e impactos ambientais. Alexandre Dias Gomes Pablo Henrique Leoterio dos Santos Jackeline Matos do Nascimento Sálvio Napoleão Soares Arcoverde Mateus Luiz Secretti Efraim Gomes da Costa Copyright (c) 2021 Anais da Academia Pernambucana de Ciência Agronômica http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0 2022-01-04 2022-01-04 18 2 IN MEMORIAM: GABRIEL ALVES MACIEL http://journals.ufrpe.br/index.php/apca/article/view/4836 <p>In memoriam em homenagem ao acadêmico Gabriel Alves Maciel, facelido em novembro de 2021.</p> Geraldo Eugênio de França Copyright (c) 2022 http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0 2022-01-04 2022-01-04 18 2