A prática da justiça restaurativa nas escolas públicas do Estado de São Paulo: Entre realidades, desafios e perspectivas.

Eder Adriano Pereira

Resumo


O presente ensaio resulta de uma análise confrontando as amostragens reais de violências ocorridas no meio comunitário escolar, com o modelo teórico de resolução de conflitos pela Justiça Restaurativa, no âmbito da Rede Pública de Ensino do Estado de São Paulo entre 2010 e 2016. O resultado do trabalho possibilita apresentar e refletir sobre o estado real das várias formas de violência que assolam as escolas e a comunidade de forma cada vez mais crescente em todo o Estado paulista. Ainda, propõe como perspectivas preventivas as atuações conscientes e para além dos muros da Escola do Professor Mediador Escolar e Comunitário (PEMEC) e do Grêmio Estudantil.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Cadernos de Ciências Sociais da UFRPE

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons