Sobre a Revista

Foco e Escopo

ENTHEORIA: CADERNOS DE LETRAS E HUMANAS foi lançada oficialmente no fim de 2013, está vinculada, como ação principal e permanente, ao Núcleo de Pesquisas Literárias e Cinematográficas (NUPELC-CNPq), link: http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/657386, antes sediado na UFRPE, agora na UFS.

A revista tem em seu tecido a proposta de Multidisciplinaridade focada nos estudos das linguagens literárias, cinematográficas, nos estudos linguísticos, literaturas africanas, estudos filosóficos, históricos, sociológicos, culturais, pós-coloniais, pós-humanismo, sempre potencializando o diálogo entre as áreas de Letras, Ciências Humanas e nas diversas linguagens.

Além disso, outra ponta da sua base é a interação, a colaboração com pesquisadores nacionais e internacionais em suas publicações, bem como em nosso Conselho (corpo) editorial.

Sua publicação é voltada para Estudantes de Graduação, Graduados, Mestres , Doutores e Pesquisadores Lato sensu e Stricto sensu, com foco nas pesquisas da área de Letras e das Ciências Humanas. Seu objetivo é publicar textos que apresentem reflexões críticas, teóricas e metodológicas contribuindo, assim, significativamente, para a visibilidade de trabalhos de estudantes, professores e pesquisadores vinculados à instituição de ensino superior nacional e/ou internacional, bem como de escritores e tradutores que esperam o reflexo de seu trabalho dentro e fora dos muros acadêmicos.

Para os números regulares da Revista, serão aceitos trabalhos em fluxo contínuo, estando aberta para submissão de trabalhos inéditos: artigos, ensaios, resenhas e traduções.

A multidisciplinaridade da revista é representada no encontro de diferentes tendências teóricas, com diferentes objetos, objetivos e resultados, outrossim por ser um espaço capaz de expor o compromisso da produção de conhecimento científico, da razão crítica e de sublinhar que toda sua ação é também política, somando engrenagem dentro de engrenagem em favor da pesquisa, com traços e trilhos da prática social e da resistência histórica em prol de uma educação múltipla e cada vez mais humanista.

O recebimento dos trabalhos é em Fluxo Contínuo e sua periodicidade, a partir de 2020, passa a ser semestral.

A partir de 2021 será composta, além do Fluxo Contínuo, por sessões Temáticas. 

QUALIS B4

 
 
 

Processo de Avaliação pelos Pares

A avaliação dos artigos é feita por pares, pelo método Double Blind Review, onde cada artigo ou ensaio é avaliado por dois pareceristas especialistas na área com elevada titulação acadêmica. Por este sistema, os arquivos são avaliados sem a identificação de autoria.

 

Periodicidade

Semestral a partir de 2020

Política de Acesso Livre

A Revista Entheoria oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Política Editorial

O processo editorial seguirá os seguintes passos:

I. Submissão de artigos: a qualquer tempo, ou no prazo estabelecido por Edital de Chamada de Publicação;

II. Distribuição e encaminhamento dos artigos recebidos entre o editor e os conselheiros: 5 dias;

III. Decisão do conselheiro (com apreciação de pareceres dos avaliadores): 30 dias, prorrogável por mais 15 dias;

IV. Encaminhamento da decisão, e do artigo ao autor para correção, se for necessário, para o autor: 5 dias;

V. Reenvio do artigo corrigido, se for o caso: 15 dias;

VI. Reencaminhamento do artigo para o conselheiro responsável, se for o caso: 5 dias;

VII. Decisão final do conselheiro, caso tenha requerido correções: 15 dias;

VIII. Encaminhamento do artigo para editoração e revisão ou devolução ao autor, caso tenha sido rejeitado: 5 dias;

IX. Editoração e revisão final: conforme cronograma estabelecido para cada volume;

X. Publicação do artigo: conforme cronograma estabelecido para cada volume.

 

1º. O conselheiro designado para tomar a decisão editorial sobre o artigo ou ensaio é autônomo para designar avaliadores que o auxiliem na apreciação do trabalho acadêmico, desde que respeite o sistema de avaliação às cegas.

2º. Após decisão final do conselheiro, poderão ser requeridas alterações de nível redacional dos textos a serem publicados, ou requerida autorização do autor para que os editores ou revisores o façam.

Entheoria: Cadernos de Letras e Humanas O recebimento dos trabalhos é em Fluxo Contínuo e sua periodicidade, a partir de 2020, passa a ser semestral.  A partir de 2021 será composta, além do Fluxo Contínuo, por sessões Temáticas. 

Histórico do periódico

A revista foi lançada oficialmente no fim de 2013, está vinculada, como ação principal e permanente, ao Núcleo de Pesquisas Literárias e Cinematográficas (NUPELC-CNPQ), link: http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/657386, antes sediado na UFRPE, agora na UFS. A revista tem em seu tecido a proposta de Multidisciplinaridade bem focada nos estudos das linguagens literárias, cinematográficas, nos estudos filosóficos,  históricos, sociológicos, pós-coloniais, culturais, nos estudos linguísticos, sempre buscando o diálogo entre as áreas de Letras, Ciências Humanas nas diversas linguagens. Sua base sempre foi o diálogo com pesquisadores nacionais e internacionais em suas publicações, como temos no último volume e em alguns volumes anteriores, bem como nosso Conselho (corpo) editorial é composto por pesquisadores nacionais e internacionais. Até agora conseguimos bons diálogos. Sua peridiocidade, a partir de 2020, será semestral.

A partir de 2021 será composta, além do Fluxo Contínuo, por sessões temáticas.