DISCURSOS SOBRE A CORTESÃ NA LITERATURA FRANCESA DO SÉCULO XIX: HONORÉ DE BALZAC E ALEXANDRE DUMAS FILS

Regina Cibelle de Oliveira, Gloria Carneiro do Amaral

Resumo


Esta pesquisa se propõe a tratar dos discursos sobre a cortesã em dois
romances franceses do século XIX: La Dame aux camélias, de Alexandre Dumas Fils, e Splendeurs et misères des courtisanes, de Honoré de Balzac, de forma a compreender como cada autor tratou desse assunto, que poderíamos denominar o “affaire-courtisane”. Em primeiro lugar, faremos uma breve contextualização dos dois autores e das duas obras e apresentaremos alguns estudos sobre a prostituição, para compreendermos melhor a figura da cortesã, presente nos dois romances estudados. Em seguida, faremos um levantamento de discursos que tratam da profissão de cortesã nos dois romances, distinguindo o que é proferido pelo narrador do que é dito pelas personagens. Por fim, estabeleceremos uma comparação, com o intuito de verificar quais as semelhanças e diferenças entre as duas obras.


Palavras-chave


Século XIX; França; Prostituição; Cortesã; Literatura

Texto completo:

PDF

Referências


BALZAC, H. Splendeurs et misères de courtisanes. Préface et notes de Pierre Barbéris. Paris : Gallimard, 1973.

_____.L’avant-propos de la Comédie Humaine. Disponível em :

Acesso em: 03 jul. 2014.

_____. Esplendores e misérias das cortesãs. Tradução de Ilana Heineberg. Porto Alegre: L&PM, 2007.

BEAUVOIR, S. O segundo sexo. Tradução: Sérgio Milliet. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1980. p. 323-342.

CORBIN, A. Les filles de noce: misère sexuelle et prostitution au XIXe siècle. Paris: Flammarion, 2010.

DE MARCO, V. O império da cortesã: Lucíola, um perfil de Alencar. São Paulo: Martins Fontes, 1986.

DUMAS FILS, A. La Dame aux Camélias. Paris: Pocket, 1998.

_____. A Dama das Camélias. Tradução de Renata Maria Parreira Cordeiro. São Paulo: Nova Alexandria, 1996.

KNIBIEHLER, Yvonne. “Corps et coeurs”. In. DUBY, Georges; PERROT, Michelle (orgs). Histoire des femmes en Occident IV. Le XIXe siècle. Paris: PLON, 2002, p.391-439.

PARENT-DUCHÂTELET, Alexandre. La prostitution à Paris au XIXe siècle. Texte présenté et annoté par Alain Corbin. Paris : Éditions du Seuil, 2008.

PATEMAN, Carole. O contrato sexual. Tradução: Marta Avancini. Rio de Janeiro : Paz e terra, 1993, p. 279-321.

PERROT, Michelle. Mulheres públicas. Tradução : Roberto Leal Ferreira. São Paulo : Fundação Editora da UNESP, 1998.

RÓNAI, P. A vida de Balzac. Balzac e a Comédia humana. 4. ed. São Paulo: Globo, 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Entheoria: Cadernos de Letras e Humanas ISSN 2446-6115

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Indexadores: 

Departamento de Letras e Artes - Programa de Pós-graduação em Estudos Literários - UEFS (http://www2.uefs.br/ppgldc/revistas.html)