O TEXTO FALADO: TRANSPOSIÇÃO DO TEXTO ESCRITO PARA O TEXTO FALADO NA PEÇA TEATRAL ÓPERA DO MALANDRO DE CHICO BUARQUE DE HOLANDA

Marta Ap. Paulo Ferreira, Murillo Marques

Resumo


O texto produzido no momento da conversação, apesar de parecer anárquico e aleatório, obedece a regras claras de estruturação. Nesse sentido, o presente trabalho tem como objetivo estudar a transposição do texto escrito para o texto falado quando uma obra teatral é encenada. Tomaremos como corpus de análise a obra teatral Ópera do Malandro de Chico Buarque de Holanda escrita em 1978 e a montagem feita pela turma 56 da Escola de Arte Dramática no ano de 2005 para confrontarmos os procedimentos utilizados na transformação do texto escrito em língua falada. A pesquisa conta com suporte teórico da Análise da Conversação, com ênfase nos estudos acerca da oralidade e escrita e tem como seus principais teóricos norteadores Luiz Antônio Marcuschi, Leonor Lopes Fávero, Dino Preti e Hudinilson Urbano. Com relação à pesquisa realizada podemos perceber que, apesar do script teatral trazer os tópicos discursivos, as marcas de oralidade e a estruturação literária planejada dos diálogos dramáticos, quando encenado, ele levará em consideração procedimentos de retextualização que podem ocorrer desde formas imperceptíveis dentro da apropriação do diálogo pelos atores, como pode ser completamente modificado em função da plateia.

Palavras-chave


Texto falado; Oralidade literária; Dramaturgia

Texto completo:

PDF

Referências


BUARQUE, C. Ópera do Malandro. São Paulo: Círculo do livro, 1978.

FÁVERO, L.L., ANDRADE, M.L.O., AQUINO, Z. Oralidade e Escrita: perspectiva para o ensino da língua materna. São Paulo: Cortez, 2002.

KOCH, Ingedore Grunfeld Villaça. Desvendando os segredos do texto. Cortez: São Paulo, 2013 [2002].

MARCUSCHI, L.A. Análise da Conversação. São Paulo: Ática, 2003.

______. Da fala para a escrita: Atividades de Retextualização. São Paulo: Cortez, 2005.

PRETI, D. Estudos de língua oral e língua escrita. Rio de Janeiro: Lucerna, 2004.

RYNGAERT, J.P. Introdução à Análise do Teatro. São Paulo: Martins Fontes, 1995.

SOARES, E.C. A Expressividade da Língua Falada no Texto Escrito: Análise da Peça Teatral Dois Perdidos Numa Noite Suja de Plínio Marcos. São Paulo: PUC- SP, 2001.

URBANO, H.”O Diálogo Teatral na Perspectiva da Análise da Conversação” In: PRETI, D. (org). Diálogos na fala e na escrita, Projetos Paralelos – NURC/SP 7. São Paulo: Humanitas, 2005, pp. 195-223.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Entheoria: Cadernos de Letras e Humanas ISSN 2446-6115

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Indexadores: 

Departamento de Letras e Artes - Programa de Pós-graduação em Estudos Literários - UEFS (http://www2.uefs.br/ppgldc/revistas.html)