Produção de biogás a partir de bagaço de laranja

Autores

  • Liliana Andréa dos Santos UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO-UFPE
  • André Felipe F. M. S. Santos UAG-Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Rebeca Beltrão Valença DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL- ÁREA GEOTECNIA AMBIENTAL
  • José Fernando Thomé Jucá UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO-UFPE
  • Carolinni Roberta M. Oliveira UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO-UFPE

Palavras-chave:

digestão anaeróbia, biogás, metano, biomassa bagaço de laranja

Resumo

 Na indústria de suco, após a etapa de processamento da laranja são gerados grande quantidade de resíduos como bagaço de laranja, que são utilizados como ração animal ou destinados a aterros sanitários, entretanto, esses resíduos podem ser utilizados como fonte de biomassa na digestão anaeróbia para produzir biogás e biofertilizante que pode ser usado no solo. Diante disso o trabalho teve como objetivo avaliar a produção e potencial de geração de biogás de resíduos de bagaço de laranja em combinação com lodo industrial.  Foi avaliado o potencial bioquímico de metano (BMP) de bagaço de laranja em reatores em batelada de 250 mL em condições mesófilas durante 47 dias. Em termos de resultado o bagaço de laranja em combinação com lodo industrial apresentou potencial de geração em termos de biogás e metano de 288,0 NmL/gSSV e 85,92 NmL/SSV respectivamente.  O resíduo de laranja estudado na digestão com lodos industrial pode ser utilizado na digestão anaeróbia com potencial a sua valorização e aproveitamento energético. O uso do lodo anaeróbio como inóculo na digestão dos resíduos de laranja mostrou favorecer e acelerar a formação biogás com metano de alta qualidade (acima de 54%). 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Liliana Andréa dos Santos, UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO-UFPE

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL- ÁREA GEOTECNIA AMBIENTAL

André Felipe F. M. S. Santos, UAG-Universidade Federal Rural de Pernambuco

Departamento de Engenharia de Alimentos-UAG-UFRPE

José Fernando Thomé Jucá, UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO-UFPE

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL- ÁREA GEOTECNIA AMBIENTAL

Carolinni Roberta M. Oliveira, UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO-UFPE

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL- ÁREA GEOTECNIA AMBIENTAL

Referências

CALABRÒ, P. S.; PONTONI, L.; PORQUEDDU, I.; GRECO, R.; PIROZZI, F.; MALPEI, F. Effect of the concentration of essential oil on orange peel waste biomethanization: Preliminary batch results. Waste Management, Oxford, v. 48 , p. 440- 447, 2015.

CARVALHO, A.; R. FRAGOSO, R.; J. GOMINHO, J.; E. DUARTE, E.; Effect of Minimizing d-Limonene Compound on Anaerobic Codigestion Feeding Mixtures to Improve Methane Yield. Waste Biomass Valor, p. 1-9, 2017.

CHERNICHARO, C. A. L. Reatores anaeróbios. Belo Horizonte: Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental – UFMG, 1997.

CYPRIANO, D. Z.; DA SILVA, L. L.; MARIÑO, M. A.; TASIC, L. A Biomassa da Laranja e seus Subprodutos. Revista Virtual Quimica, v. 9, n. 1, p. 176-191, 2017.

FIRMO, A. L. B. Estudo numérico e experimental da geração de biogás a partir da biodegradação de resíduos sólidos urbanos. Tese de Doutorado. Programa de Pós- Graduação em Engenharia Civil, Universidade Federal de Pernambuco – UFPE, Pernambuco, 2013.

JABEEN, M.; YOUSAF, S.; HAIDER M. R.; MALIK, R. N. High-solids anaerobic codigestion of food waste and rice husk at different organic loading rates. International Biodeterioration & Biodegradation, v. 102, p. 149–153, 2015.

MARTÍN, M. A.; SILES, J. A.; CHICA, A.F.; MARTÍN, A. Biomethanization of orange peel waste. Bioresource Technology, Essex, v. 101, p. 8993–8999, 2010.

RUIZ, B.; FLOTATS, X. Effect of limonene on batch anaerobic digestion of citrus peel waste. Journal Biochemical Engineering, v. 109, p. 9-18, 2016.

SILES, J. A.; VARGAS, F.; GUTIÉRREZ, M.C.; CHICA, A. F.; MARTÍN, M. A. Integral valorisation of waste orange peel using combustion, biomethanisation and cocomposting technologies. Bioresource Technology, Essex, v. 211, p. 173-182, 2016.

SILVA, C. E. F. Avaliação do potencial de uso de resíduos do processamento de frutas na produção de etanol 2G. 2014. 101 f. Dissertação (Mestrado Engenharia Química) – Universidade Federal de Alagoas, Maceió.

TAGHIZADEH-ALISARAEIA, A.; HOSSEINIA, S. H.; GHOBADIANB, B.; MOTEVALIC, A. Biofuel production from citrus wastes: A feasibility study in Iran. Renewable and Sustainable Energy, v. 69, p. 1100-1112, 2017.

VALENÇA, R. B. Avaliação da geração de biometano em diferentes cenários de biodegradação de resíduos alimentares. 2017. 143 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pernambuco, Recife. 2017.

WHO – International Reference Center for Waste Disposal. Methods of Analysis of sewage sludge solid wastes and compost. Switzerland, 1979.

Downloads

Publicado

2018-09-28

Como Citar

dos Santos, L. A., Santos, A. F. F. M. S., Valença, R. B., Jucá, J. F. T., & Oliveira, C. R. M. (2018). Produção de biogás a partir de bagaço de laranja. Revista Geama, 4(3), 22–27. Recuperado de http://journals.ufrpe.br/index.php/geama/article/view/2139