Análise de sensibilidade da equação de Hargreaves-Samani a mudanças na temperatura do ar em condições de semiárido

Autores

  • TATYANA KEYTY DE SOUZA BORGES INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO (IF SERTÃO-PE) – CAMPUS OURICURI/PE, ESTRADA DO TAMBORIL, S/N, CEP: 56200-000
  • AUREO SILVA DE OLIVEIRA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA / CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS, AMBIENTAIS E BIOLÓGICAS

Palavras-chave:

evapotranspiration, sensitivity coefficient, meteorology, scenarios, Ouricuri

Resumo

Com as mudanças climáticas e a escassez hídrica no mundo, necessita-se compreender a sensibilidade da evapotranspiração de referência (ETo) em relação a variações na temperatura do ar.  Como são raros esses estudos no Brasil, a presente pesquisa teve por objetivo analisar a sensibilidade da ETo estimada pela equação de Hargreaves-Samani (HS) a alterações na temperatura do ar, em Ouricuri/PE (7°53’ S e 40°06’ W, 458 m anm). Incrementos/decrementos de 5% até 25% em intervalos de 5% foram aplicados sobre a temperatura máxima (Tx) e mínima (Tn) do ar e o correspondente efeito sobre a ETo avaliado usando-se dados meteorológicos do ano médio (2011-2017). Verificou-se que as perturbações em Tx em contraste com Tn proporcionaram maior impacto nas estimativas da ETo, avaliado via um coeficiente de sensibilidade (CS) que corresponde à inclinação da reta de regressão entre ?ETo (mm/dia) e ?VC (%), sendo ?ETo a variação em ETo devido à alteração aplicada na variável climática (?VC). O método de HS mostrou-se mais sensível à alterações em Tx com CSTx positivo e igual a 0,943 mm/%. O correspondente para Tn foi negativo e igual a -0,034 mm/%. No verão, mais do que nas demais estações do ano, a ETo do método de HS mostrou maior sensibilidade. O CSTx variou de 0,07 a 0,11 ao longo do ano, com valores mínimos no inverno. O CSTn variou de -0,06 a -0,02 com maiores valores também no inverno.

Referências

ALLEN, R.G.; PEREIRA, L.S.; RAES, D.; SMITH, M. Crop evapotranspiration: guidelines for computing crop water requirements. Rome: FAO. 1998. 333p. (FAO Irrigation and Drainage Paper No. 56)

ARRAES, F. D. D.; JUNIOR, J. C. L.; OLIVEIRA, J. B.; MACÊDO, K. G.; SOUSA COURAS, Y.; OLIVEIRA, W. C. Parametrização da equação de Hargreaves-Samani para o estado do Pernambuco – Brasil. Revista Brasileira de Agricultura Irrigada v.10, n.1, p. 410 - 419, 2016.

ARRUDA, K.E.C. Mapeamento geomorfológico da folha Ouricuri – Pernambuco, através da utilização de softwares de geoprocessamento. Revista Brasileira de Geografia Física, v. 5, n. 5, p. 1046-1055, 2012.

DEBNATH, S.; ADAMALA, S.; RAGHUWANSHI, N.S. Sensitivity analysis of FAO-56 Penman-Monteith method for different agro-ecological regions of India. Environmental Processes, v. 2, p. 689-704, 2015.

DJAMAN, K.; TABARI, H.; BALDE, A. B.; DIOP, L.; FUTAKUCHI, K.; IRMAK, S. Analyses, calibration and validation of evapotranspiration models to predict grass-reference evapotranspiration in the Senegal river delta. Journal of Hydrology: Regional Studies, v. 8, p. 82-94, 2016.

ESTÉVEZ, J.; GAVILÁN, P.; BERENGENA, J. Sensitivity Analysis of a Penman-Monteith type equation to estimate reference evapotranspiration in Southern Spain. Hydrological Processes, v. 23, p. 3342-3353, 2009.

FERREIRA, L. B.; CUNHA, F. F.; DUARTE, A. B.; SEDIYAMA, G. C.; CECON, P. R. Calibration methods for the Hargreaves-Samani equation. Ciência e Agrotecnologia, v. 42, n.1, p: 104-114, 2018.

GONG, L.; XU, C. Y.; CHEN, D.; HALLDIN, S.; CHEN, Y. D. Sensitivity of the Penman–Monteith reference evapotranspiration to key climatic variables in the Changjiang (Yangtze River) basin. Journal of Hydrology, v. 329, n. 3-4, p. 620-629, 2006.

HARGREAVES, G.H.; SAMANI, Z.A. Reference crop evapotranspiration from temperature. Applied Engineering in Agriculture, v. 1, n. 2, p. 96-99, 1985.

IRMAK, S.; PAYERO, J.O.; MARTIN, D.; IRMAK, A.; HOWELL, T.A. Sensitivity analyses and sensitivity coefficients of standardized daily ASCE-Penman-Monteith equation. Journal of Irrigation and Drainage Engineering, v. 132, n. 6, p. 564-578, 2006.

IPCC, 2018: Summary for Policymakers. In: Global warming of 1.5°C. World Meteorological Organization, Geneva, Switzerland, 32 pp.

KOUDAHE, K.; DJAMAN, K.; ADEWUMI, J. K. Evaluation of the Penman-Monteith reference evapotranspiration under limited data and its sensitivity to key climatic variables under humid and semiarid conditions. Modeling Earth Systems and Environment, v. 4, n. 3, p. 1239-1257, 2018.

PALARETTI, L. F.; MANTOVANI, E. C.; SEDIYAMA, G. C. Análise da sensibilidade dos componentes da equação de Hargreaves-Samani para a região de Bebedouro-SP. Revista Brasileira de Meteorologia, v. 29, n. 2, p. 299-306, 2014.

PINHEIRO, E. A. R.; METSELAAR, K.; VAN LIER, Q. J.; ARAÚJO, J. C. Importance of soil-water to the Caatinga biome, Brazil. Ecohydrology, 2016.

PINHEIRO, M. A. B.; OLIVEIRA, A. L. M.; BORGES JÚNIOR, J. C. F.; OLIVEIRA, E. C. D.; CARVALHO, L. G. D. Reference evapotranspiration based on temperature in Minas Gerais state, Brazil. Ciência e Agrotecnologia, v. 43, 2019.

TABARI, H.; TALAEE, P. H. Sensitivity of evapotranspiration to climatic change in different climates. Global and Planetary Change, v. 115, p. 16-23, 2014.

Downloads

Publicado

2020-12-16

Edição

Seção

ARTIGOS