SOBRE HOMENS E MULHERES: A “INVENÇÃO” DO FALO

Hermano de França Rodrigues

Resumo


A semiótica greimasiana, teoria na qual se fundamenta nossa análise, concebe a significação como um percurso que se inicia na estrutura fundamental, semiotiza-se no nível intermediário (ou narrativo) e se concretiza nas estruturas discursivas – o nível mais superficial do discurso. Desta forma, este trabalho se propõe a examinar o processo de narrativização do romance popular História de Dona Genebra, observando como se realizam e se organizam os percursos de cada sujeito semiótico em busca de seu objeto de valor.

Palavras-chave


Semiótica greimasiana

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Maria Margarida de. Traços Sócio-semióticos e Culturais de um Texto. In: Revista Brasileira de Lingüística, vol. 09. São Paulo: Plêiade, 1997.

BARBOSA, Maria Aparecida. Estruturas e Tipologia dos Campos Conceptuais, Campos Semânticos e Campos Lexicais. In: Acta Semiótica et Lingvistica - SBPL, vol. 08. São Paulo: Editora Plêiade, 2000.

__________. A construção do conceito nos discursos técnico-científicos, nos discursos literários e nos discursos sociais não-literários. In: Revista Brasileira de Linguística. Vol. 11, Nº 01, Ano 27. São Paulo: Terceira margem, 2001.

CASCUDO,Luis Câmara. Literatura Oral no Brasil. 3ª edição. São Paulo: Editora da Universitária, 1984.

CORREIA, João David Pinto. Os Romances Carolíngios da Tradição Oral Portuguesa. Lisboa: Instituto Nacional de Investigação Científica, 1997.

DEL PRIORE, Mary. História das mulheres do Brasil. 2ª edição.São Paulo: Editora Contexto,1997.

FAVERO, Leonor Lopes. Oralidade e Escrita – Perspectivas para o Ensino de Língua Materna. São Paulo: Cortez, 2002.

FIORIN, José Luiz. Elementos de Análise do Discurso. 8ª edição. São Paulo: Editora Contexto, 2000.

__________.Linguagem e Ideologia. São Paulo: Editora Ática, 1999.

GREIMAS, A. J. Os Atuantes, os Atores e as Figuras. In: Semiótica Narrativa e Textual. São Paulo: Cultrix, 1977.

HJELMSLEV, L. . Prolegômenos a uma Teoria da Linguagem. Tradução de J. Teixeira Coelho. São Paulo: Perspectiva, 1973.

PAIS,Cidmar Teodoro. Texto, Discurso e Universo de Discurso. In: Revista Brasileira de Linguística – SBPL, n° 1, v.8. São Paulo: Plêiade, 1995.

________. Lazer, trabalho, afeto, paixões e valores na cultura e na sociedade brasileiras: ensaio em semiótica das culturas. In: Revista Brasileira de Linguística – SBPL, v.10. São Paulo: Plêiade, 1999.

________. Conceptualização, denominação, designação: relações. In: Revista Brasileira de Linguística – SBPL, v.09. São Paulo: Plêiade, 1997.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista MILBA