COMO OS MOVIMENTOS SOCIAIS SE RELACIONAM COM O CURSO DE CIÊNCIAS SOCIAIS

Autores

Palavras-chave:

Movimentos sociais, Universidade, Extensão

Resumo

O trabalho tem por intuito compreender como os movimentos sociais se relacionam com a Universidade. Foi feito um mapeamento das atividades extensionistas coordenadas por  docentes do curso de Ciências Sociais da Universidade Federal Rural de Pernambuco, vigentes no ano de 2014. O resultado é que há intenção e prática de diálogo de saberes nos projetos de extensão analisados. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lara Albuquerque Rodrigues, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Graduada em Bacharelado em Ciências Sociais - DECISO.

Referências

ANGROSINO, Michael. Etnografia e observação participante. Porto Alegre. Artmed, 2009 Coleção pesquisa qualitativa, coordenada por Uwe Flick).

BENZAQUEN, Júlia F. Reflexões a respeito da ideia de (r)existências do Sul. In: Estudos. Soc. [online]. 2014, vol. 2, n. 20. Disponível em: ww.revista.ufpe.br/revsocio/index.php/revista/article/view/385

FREIRE, Paulo. Extensão ou Comunicação?. 13.ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982;2006.

GOHN, Maria da Glória (2011). Movimentos sociais na contemporaneidade. In: Revista Brasileira de Educação. V. 16. n. 47, Maio-ago. 2011.

GOHN, Maria da Glória. Teorias dos Movimentos Sociais. São Paulo : Edições Loyola, 2004, v.1. p.396, 4.?ed.

GOHN, Maria da Glória; BRINGEL, Breno M. Introdução: A discussão contemporânea sobre os movimentos sociais. In: Maria da Glória Gohn, Breno M. Bringel (orgs.), Movimentos sociais na era global. Petrópolis, RJ: Vozes, 2012. p. 07-16.

HUMBOLDT, Guillermo. Sobre a organização interna e externa dos estabelecimentos científicos superiores em Berlim. In: LA IDEA de la universidad en Alemania. Buenos Aires: Editorial Sudamericana, 1959.

JEZINE, Edineide. Universidade-sociedade e extensão universitária. Construções teórico- etodológicas. 2004. Disponível em www.anped11.uerj.br/28/GT11-1110--Int.rtf.

LACLAU, Ernesto; MOUFFE, Chantal. Hegemony and Socialist Strategy. Towards a radical democratic politics. London: Verso, 1985.

MELUCCI, Alberto. A invenção do presente: movimentos sociais nas sociedades complexas. Rio de Janeiro: Vozes, 2001.

SANTOS, Boaventura de Sousa. “A Universidade no século XXI: para uma reforma democrática e emancipatória da Universidade. São Paulo: Cortez Editora; 2005.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Renovar a teoria crítica e reinventar a emancipação social. São Paulo: Boitempo, 2009 (Capítulo I, p.17-49).

TOURAINE. Alain. Igualdade e Diversidade: o sujeito democrático. Tradução de Modesto Florenzano. São Paulo: EDUSC, 1998.

THIOLLENT, Michel. Crítica metodológica, investigação social e enquete operária. 5.ed. São Paulo: Polis, 1980.

Downloads

Publicado

2020-12-21