Respostas fisiológicas de ovinos alimentados com genótipos de palma forrageira

Autores

  • Tomás Guilherme Pereira da Silva Departamento de Zootecnia, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife-PE, Brasil. http://orcid.org/0000-0002-6115-5474
  • Levi Auto Lopes Departamento de Zootecnia, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife-PE, Brasil.
  • Francisco Fernando Ramos de Carvalho Departamento de Zootecnia, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife-PE, Brasil.
  • Ângela Maria Vieira Batista Departamento de Zootecnia, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife-PE, Brasil.
  • Adriana Guim Departamento de Zootecnia, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife-PE, Brasil.
  • Júlio Cézar dos Santos Nascimento Departamento de Zootecnia, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife-PE, Brasil.
  • José Francisco da Silva Neto Departamento de Zootecnia, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife-PE, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.26605/medvet-v15n1-2334

Palavras-chave:

cactáceas, cordeiros, energia, homeostase, incremento calórico

Resumo

Objetivou-se avaliar parâmetros fisiológicos de ovinos submetidos a dietas à base de palma forrageira e o grau de correlação entre estas variáveis e a ingestão de nutrientes digestíveis totais. Foram utilizados 36 cordeiros, com peso corporal inicial de 22.0±2.90 kg, idade média de seis meses, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, com três tratamentos e 12 repetições. O período experimental foi de 86 dias, sendo fornecida uma dieta base (controle) e dietas nas quais o feno de capim Tifton foi parcialmente substituído por palma miúda ou palma orelha de elefante mexicana. No 80º dia do período experimental, os animais foram submetidos à avaliação de respostas fisiológicas: frequência respiratória e cardíaca, temperatura retal e superficial, sendo esses dados coletados nos turnos da manhã e da tarde. Não houve interação significativa entre os fatores ‘dietas’ e ‘turno’, assim como não foi observado efeito das dietas sobre os parâmetros fisiológicos. Os valores de frequência respiratória e a temperatura superficial foram maiores no turno da manhã (98,73±32,30 respirações por minuto e 33,83ºC±0,81, respectivamente) em relação ao turno da tarde (78,79±24,53 respirações por minuto e 32,53ºC±0,89, respectivamente). Observaram-se significativos coeficientes de correlação positiva entre o consumo de energia e a frequência respiratória nos animais que receberam a dieta controle, no turno da manhã, e entre o consumo de energia e a temperatura corporal, no turno da tarde. Existe correlação positiva de moderada a forte magnitude entre o consumo de nutrientes digestíveis totais e a frequência respiratória e temperatura corporal de ovinos submetidos à dieta sem palma forrageira.

Referências

Alvares, C.A; Stape, J.L.; Sentelhas, P.C.; de Moraes Gonçalves, J.L.; Sparovek, G. Köppen's climate classification map for Brazil. Meteorologische Zeitschrift, 22(6): 711-728, 2013.

Andrade, S.F.J.; Batista, Â.M.V.; Carvalho, F.F.R.; Lucena, R.B.; Andrade, R.P.X.; Lima Júnior, D.M. Fresh or dehydrated spineless cactus in diets for lambs. Acta Scientiarum. Animal Sciences, 38(2): 155-161, 2016.

Baccari Junior, F. Manejo ambiental da vaca leiteira em climas quentes. Londrina, PR: UEL, 2001. 142 p.

Barros Junior, C.P.; Sousa Júnior, S.C.; Campelo, J.E.G.; Azevedo, D.M.M.R.; Carvalho, G.M.C.; Sousa, P.H.A.A. Avaliação de parâmetros fisiológicos em diferentes raças de caprinos na Região Nordeste brasileira. REDVET - Revista Electrónica de Veterinaria, 19(1): 1-11, 2017.

Batista, A.M.V.; Mustafa, A.F.; McAllister, T.; Wang, Y.; Soita, H.; McKinnon, J.J. Effects of variety on chemical composition in situ nutrient disappearance and in vitro gas production of spineless cacti. Journal of the Science of Food and Agriculture, 83(5): 440-445, 2003.

Bezerra, W.M.A.X.; Souza, B.B.; Sousa, W.H.; Cunha, M.G.G.; Benicio, M.A. Comportamento fisiológico de diferentes grupos genéticos de ovinos criados no semiárido paraibano. Revista Caatinga, 24(1): 130-136, 2011.

Cardoso, D.B., Carvalho, F.F.R., Medeiros, G.R., Guim, A., Cabral, A.M.D., Véras, R.M.L., Santos, K.C., Dantas, L.C.N.; Nascimento, A.G.O. Levels of inclusion of spineless cactus (Nopalea cochenillifera Salm Dyck) in the diet of lambs. Animal Feed Science and Technology. 247(1): 23-31, 2019.

Correia, B.R.; Oliveira, R.L.; Jaeger, S.M.P.L.; Bagaldo, A.R.; Carvalho, G.G.P.; Oliveira, G.J.C.; Lima, F.H.S.; Oliveira, P.A. Comportamento ingestivo e parâmetros fisiológicos de novilhos alimentados com tortas do biodiesel. Archivos de Zootecnia, 61(233): 79-89, 2012.

Costa, R.G.; Treviño, I.H.; Medeiros, G.R.; Medeiros, A.N.; Pinto, T.F.; Oliveira, R.L. Effects of replacing corn with cactus pear (Opuntia ficus indica Mill) on the performance of Santa Inês lambs. Small Ruminant Research, 102: 13-17, 2012.

Cunningham, J.G. Tratado de fisiologia veterinária. 3a ed. Rio de Janeiro: Guanabara-Koogan, 2004. 596 p.

Gouveia, L.N.F.; Soares, P.C.; Moura, M.S.C.; Silva, T.G.P.; Silva Neto, I.F.; Guimarães, D.N.A.; Cardoso, D.B.; Batista, Â.M.V.; Carvalho, F.F.R. Metabolic profile and renal function of lambs fed with maniçoba hay replacement by spineless cactus. Revista Agrária Acadêmica, 2(4): 41-51, 2019.

INMET - Instituto Nacional de Meteorologia, 2017. Parâmetros meteorológicos de Recife, Pernambuco. Disponível em: <http://www.inmet.gov.br/>. Acesso em: 05 dez. 2017.

Lopes, L.A.; Ferreira, M.A.; Batista, Â.M.V.; Maciel, M.V.; Barbosa, R.A.; Munhame, J.A.; Silva, T.G.P.; Cardoso, D.B.; Véras, A.S.C.; Carvalho, F.F.R. Intake, digestibility, and performance of lambs fed spineless cactus cv. Orelha de Elefante Mexicana. Asian-Australasian Journal of Animal Sciences, 33(8): 1284-1291, 2020.

Minitab. Minitab Quality Companion. 2014: MINITAB 17: Statistical software. Disponível em: <http://www.minitab.com>. Acesso em: 12 dez. 2018.

Neiva, J.N.M.; Teixeira, M.; Turco, S.H.N. Efeito do estresse climático sobre os parâmetros produtivos e fisiológicos de ovinos Santa Inês mantidos em confinamento na região litorânea do Nordeste do Brasil. Revista Brasileira de Zootecnia, 33(3): 668-678, 2004.

Nobre, I.S; Souza, B.B.; Marques, B.A.A.; Batista, N.L. Efeito de diferentes níveis de concentrado e inclusão de gordura protegida na dieta sobre o desempenho produtivo e termorregulação de ovinos. Agropecuária Científica no Semi-Árido, 9(2): 14-20, 2013.

Oliveira, F.A.; Turco, S.N.H.; Borges, I.; Clemente, C.A.A.; Nascimento, T.V.C.; Loiola Filho, J.B. Parâmetros fisiológicos de ovinos Santa Inês submetidos a sombreamento com tela de polipropileno. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 17(9): 1014-1019, 2013.

Pessoa, D.V.; Andrade, A.P.; Magalhães, A.L.R.; Teodoro, A.L.; Santos, D.C.; Araújo, G.G.L.; Medeiros, A.N.; Nascimento, D.B.; Valença, R.L.; Cardoso, D.B. Forage cactus of the genus Opuntia in different with the phenological phase: nutritional value. Journal of Arid Environments, 181: 1-8, 2020.

Ribeiro, N.L.; Furtado, D.A.; Medeiros, A.N.; Ribeiro, M.N.; Silva, R.C.B.; Souza, C.M.S. Avaliação dos índices de conforto térmico, parâmetros fisiológicos e gradiente térmico de ovinos nativos. Revista Engenharia Agrícola, 28(4): 614-623, 2008.

Silanikove, N. Effects of heat stress on the welfare of extensively managed domestic ruminants. Livestock Production Science, 67:1-18, 2000.

Souza, B.B.; Lopes, J.J.; Roberto, J.V.B.; Silva, A.M.A.; Silva, E.M.N.; Silva, G.A. Efeito do ambiente sobre as respostas fisiológicas de Caprinos Saanen e mestiços ½Saanen + ½Boer no semiárido Paraibano. Agropecuária Científica no Semi-Árido, 6(2): 47-51, 2010.

SAS. Statistical Analysis System Institute - SAS Institute. User’s guide: statistics. Versão 6. 12. Cary: North Carolina State University, 1996.

Vieira, M.M.M.; Furtado, F.M.V.; Cândido, M.J.D.; Barbosa Filho, J.A.D.; Cavalcante, A.C.R.; Magalhães, J.A.; Costa, N.L. Aspectos fisiológicos e bioclimáticos de caprinos nas regiões semiáridas. PUBVET, 10(5): 356-369, 2016.

Downloads

Publicado

2021-04-07

Edição

Seção

Produção Animal