Tratamento cirúrgico de fibrossarcoma cutâneo em uma égua Paint Horse: relato de caso

Autores

  • Edmilson Rodrigo Daneze Programa de Pós-graduação em Medicina Veterinária, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Universidade Estadual Paulista, Jaboticabal-SP, Brasil https://orcid.org/0000-0001-6383-9717
  • Carmen Zilda Pereira de Toledo Programa de Pós-graduação em Medicina Veterinária, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Universidade Estadual Paulista, Jaboticabal-SP, Brasil https://orcid.org/0000-0001-5877-0954
  • Marina Ragagnin de Lima Programa de Pós-graduação em Medicina Veterinária, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Universidade Estadual Paulista, Jaboticabal-SP, Brasil https://orcid.org/0000-0003-1302-8400
  • Márcia Ferreira da Rosa Sobreira Programa de Pós-graduação em Medicina Veterinária, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Universidade Estadual Paulista, Jaboticabal-SP, Brasil. Departamento de Medicina Veterinária, Centro Universitário Moura Lacerda, Ribeirão Preto-SP, Brasil https://orcid.org/0000-0003-3990-5483

DOI:

https://doi.org/10.26605/medvet-v16n3-5121

Palavras-chave:

equino, neoplasia, pele, cirurgia, diagnóstico histopatológico

Resumo

Os fibrossarcomas são neoplasias mesenquimais malignas primárias de baixa incidência em equinos e que esporadicamente produzem metástases. O uso de tecnologias de imagem e de citologia aspirativa é bastante relevante na identificação da lesão, porém o exame histopatológico ainda é o método de eleição para o diagnóstico definitivo. Nesse contexto, o presente estudo teve por objetivo relatar o caso de um fibrossarcoma em uma égua. Foi solicitado atendimento, devido ao desenvolvimento de uma massa crânio-lateral à glândula mamária direita, para uma égua Paint Horse de nove anos de idade. À palpação, verificou-se que a massa era circunscrita, possuía consistência firme e aderência à musculatura abdominal. Como tratamento, foi realizada exérese cirúrgica com margens amplas da neoformação. Durante o procedimento observou-se que a massa não tinha continuidade com o tecido mamário e pouca área de aderência ao tecido muscular abdominal. A massa foi encaminhada para análise histopatológica em que foi constatada proliferação neoplásica mesenquimal compatível com fibrossarcoma. A paciente foi acompanhada periodicamente por dois anos e, durante esse período, não foi verificada nenhuma recidiva tanto no local do procedimento cirúrgico como em áreas distantes. Assim sendo, concluímos que o atendimento precoce, a exérese cirúrgica com margens amplas, a identificação histopatológica e o acompanhamento periódico foram ferramentas essenciais para o sucesso no tratamento da paciente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Baccarin, R.Y.A.; Silva, L.C.L.C.; Belli, C.B.; Fernandes, W.R.; Zoppa, A.L.V. Ocorrência de neoplasias em 15 anos de atendimento hospitalar de equídeos. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, 48(6): 439-445, 2011.

Bass, K.; Mochal-King, C.A.; Cooley, A.J.; Brinkman, E. Equine mandibular fibrosarcoma in two horses: clinical, diagnostic, and therapeutic considerations. Journal of Equine Veterinary Science, 48: 31-38, 2017.

Buechner-Maxwell, V. Skin tumors. In: Robinson, N.E.; Sprayberry, K.A. Current therapy in equine medicine. 6th ed. Saint Louis: Saunders Elsevier, 2009. p.692-697.

Cissell, D.D.; Wisner, E.R.; Textor, J.; Mohr, F.C.; Scrivani, P.V.; Théon, A.P. Computed tomographic appearance of equine sinonasal neoplasia. Veterinary Radiology & Ultrasound, 53(3): 245-251, 2012.

Coleto, A.F.; Moreira, T.A.; Gundim, L.F.; Silva, S.A.; Castro, M.R.; Bandarra, M.B.; Medeiros-Ronchi, A.A. Perfil de exames citológicos, sensibilidade e especificidade da punção por agulha fina em amostras cutâneas e subcutâneas em cães. Revista Brasileira de Medicina Veterinária, 38: 311-315, 2016.

Couto, C.G. Neoplasias selecionadas em cães e gatos. In: Nelson, R.W.; Couto, C.G. Medicina interna de pequenos animais. 5a ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2015. p.1186-1200.

Daleck, C.R.; De Nardi, A.B. Oncologia em cães e gatos. 2a ed. Rio de Janeiro: Rocca, 2016. 766 p.

Dixon, P.M.; Head, K.W. Equine nasal and paranasal sinus tumours: part 2: a contribution of 28 case reports. Veterinary Journal, 157(3): 279-294, 1999.

Felizzola, C.R.; Stopiglia, A.J.; Araújo, N.S. Oral tumors in dogs: Clinical aspects, exfoliative cytology and histopathology. Ciência Rural, 29(3): 499-506, 1999.

Foy, J.M.; Rashmir-Haven, A.M.; Brashier, M.K. Common equine skin tumors. The Journal of the Veterinary Surgeon in General Practice, 24(3): 242-254, 2002.

Hendrick, M.J. Mesenchymal tumors of the skin and soft tissues. In: Meuten, D.J. Tumors in domestic animals. 5th ed. Ames: John Wiley & Sons, 2017. p.142-175

Hewes C.A.; Sullins K.E. Review of the treatment of equine cutaneous neoplasia. Proceedings of the American Association of Equine Practitioners, 55(1): 386-392, 2009.

Kahn, C.M.; Line, S. The Merck veterinary manual. 9th ed. Orlando: Merck & Co. Inc. and Merial Limited; 2005.

Kassem, I.G.; Bernstein, N.; Lopes, P.R.; Duarte, P.C.; Moreira, M.V.L.; Miranda, F.G.; Nepomuceno, A.C.; Maranhão, R.P.A.; Ecco, R.; Palhares, M.S. Fibrosarcoma in the nasal cavity of a donkey. Brazilian Journal of Veterinary Medicine, 40: e96018, 2018.

Knottembelt, D.C.; Patterson-Kane, J.C.; Snalune, K.L. Tumors of the skin. In: Knottenbelt, D.C.; Snalune, K.; Kane, J.P. Clinical equine oncology. Philadelphia: Elsevier, 2015. p. 544-584.

Kusewitt, D.F.; Rush, L.J. Neoplasia e biologia tumoral. In: McGavin, M.D.; Zachary, J.F. Bases da Patologia em Veterinária. 4ª ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009. p. 253-298.

Lavoie, J.P.; Hinchcliff, K.W. Blackwell’s five minute veterinary consult: equine. Iowa: Wiley-Blackwell, 2008.

Manso-Díaz, G.; Dyson, S.J.; Dennis, R.; García-López, J.M.; Biggi, M.; García-Real, M.I.; San Román, F.; Taeymans, O. Magnetic resonance imaging characteristics of equine head disorders: 84 cases (2000-2013). Veterinary Radiology & Ultrasound, 56(2): 176-187, 2015.

Martins, D.B.; Rossato, C.K.; Abrão, N.B.; Luz, M. Cytological aspects of equine oral fibrosarcoma. Acta Scientiae Veterinariae, 47: 385, 2019.

Mauldin, E.A.; Peters-Kennedy, J. Integumentary system. In: Maxie, M.G. (Ed.). Jubb, Kennedy, and Palmer’s Pathology of domestic animals. 6th ed. v.1 Elsevier, St. Louis: Elsevier, 2016. p.509-736.

Mendes, L.C.N. Mammary tumors. In: Sprayberry, K.A.; Robinson, N.E. Robinson’s Current therapy in equine medicine. 7th ed. St. Louis: Elsevier Saunders, 2015. p.432-434.

Ramos, A.T.; Souza, A.B.; Norte, D.M.; Ferreira, J.L.M.; Fernandes, C.G. Tumores em animais de produção: aspectos comparativos. Ciência Rural, 38: 148-154, 2008.

Rashmir-Raven, A.M. Disorders of the skin. In: Reed, S.M.; Bayly, W.M.; Sellon, D.C. Equine internal medicine. 4th ed. St. Louis: Elsevier, 2018. p.1159-1216.

Rizk, A. Unilateral amputation of the teat for treatment of equine sarcoid in a she-donkey. Journal of Equine Veterinary Science, 46: 15-17, 2016.

Scattone, N.V.; Bertolini, R.S.; Loiacono, W.V.B.; Silva, T.P.M.; Justino, D.M.; Del Fava, C. Casuística de neoplasias em equinos. Biológico, 77: 49, 2015.

Silva, M.M.V, Crivelenti, L.Z., Momo, C.; Honsho, D.K. Fibrossarcoma uretral primário em cadela. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, 63: 1353-1358, 2011.

Souza, J.P.C.; Soares, G.S.N.; Pedroso, A.C.B.R.; Queiroz, A.K.L.; Mendes, L.H.; Queiroz, P.J.B.; Silva; L.A.F. Afecções cirúrgicas da glândula mamária equina. Investigação, 18(4): 38-44, 2019.

Souza, T.M.; Brum, J.S.; Fighera, R.A.; Brass, K.E.; Barros, C.S.L. Prevalência dos tumores cutâneos de equinos diagnosticados no Laboratório de Patologia Veterinária da Universidade Federal de Santa Maria, Rio Grande do Sul. Pesquisa Veterinária Brasileira, 31: 379-382, 2011.

Sprenger, L.K.; Gabardo, L.B.; Risolia, L.W.; Molento, M.B.; Silva, A.W.C.; Sousa, R.S. Frequência de neoplasias cutâneas em equinos: estudo retrospectivo do Laboratório de Patologia Veterinária da Universidade Federal do Paraná. Archives of Veterinary Science, 19(3): 81-86, 2014.

Story, M.R.; Gaughan, E.M.; Andrews, G.A.; Balch, S. Fibrosarcoma over the tarsal groove of a 14-month-old Quarter horse. Veterinary and Comparative Orthopaedics and Traumatology, 18: 115-118, 2005.

Veraa, S.; Dijkman, R.; Klein, W.R.; Van den Belt, A.J.M. Computed tomography in the diagnosis of malignant sinonasal tumours in three horses. Equine Veterinary Education, 21(6): 284-288, 2009.

Downloads

Publicado

2022-12-13

Como Citar

Daneze, E. R., Toledo, C. Z. P. de ., Lima, M. R. de ., & Sobreira, M. F. da R. . (2022). Tratamento cirúrgico de fibrossarcoma cutâneo em uma égua Paint Horse: relato de caso. Medicina Veterinária (UFRPE), 16(3), 171–176. https://doi.org/10.26605/medvet-v16n3-5121

Edição

Seção

Clínica e cirurgia de grandes animais