Environmental Diagnosis of Permanent Preservation Areas (APP) of the Capibaribe River in the city of Recife – PE

Autores

  • Ana Paula Xavier de Gondra Bezerra Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE
  • Fabrício Ângelo Gabriel UFRPE- universidade Federal Rural de Pernambuco / B.Sc.
  • Emmanuelle Maria Gonçalves Lorena UFRPE- universidade Federal Rural de Pernambuco/ B.Eng.
  • Ítala Gabriela Sobral dos Santos UFRPE- universidade Federal Rural de Pernambuco/ B.Eng.
  • Maria Carolina da Silva Centro Universitário Maurício de Nassau / B.Eng.
  • Fernando Cartaxo Rolim Neto UFRPE- universidade Federal Rural de Pernambuco/ D.Sc.

Palavras-chave:

river urban, riverside communities, river silting

Resumo

The Permanent Preservation Areas (APP) is critical in the preservation of water resources, highlighting the quality of waterways and maintenance of its volume. However, urban sprawl and the lack of public policies produce undesirable consequences for the population of the deforested region and for the part of the basin that is fed by these waters. In this context, this study aimed to analyze the environmental impacts that enhance the degradation of the river Capibaribe APP, located in Recife. They were predetermined two points (Joana Bezerra and rabbits neighborhood) in which it identified the on-site impact and made a qualitative analysis of areas. It was observed that the chosen points are with APP well below what is determined by the existing laws, in most cases, they are the result of human activities. The release of solid waste and organic matter in these areas leverage the APP degradation, directly affecting the physical and biological characteristics of rivers. Thus, the implementation of awareness programs is critical to population and also an effective surveillance system to combat the impact of permanent preservation areas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Paula Xavier de Gondra Bezerra, Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE

Departamento de Tecnologia Rural

Fabrício Ângelo Gabriel, UFRPE- universidade Federal Rural de Pernambuco / B.Sc.

Departamento de Tecnologia Rural De Pernambuco - DTR

Emmanuelle Maria Gonçalves Lorena, UFRPE- universidade Federal Rural de Pernambuco/ B.Eng.

Departamento de Tecnologia Rural - DTR

Ítala Gabriela Sobral dos Santos, UFRPE- universidade Federal Rural de Pernambuco/ B.Eng.

Departamento de Tecnologia Rural - DTR

Maria Carolina da Silva, Centro Universitário Maurício de Nassau / B.Eng.

Departamento de Engenharia Ambiental,

Referências

ARAÚJO, S.M.V.G. As áreas de preservação permanente e a questão urbana: estudo técnico consultoria legislativa da área de meio ambiente, direito ambiental, organização territorial, desenvolvimento urbano e regional. 2002. 12p. Disponível em: <http://www.mp.go.gov.br/portalweb/hp/9/docs/doutrinaparcel_01.pdf>.

ARAÚJO, D. R., SILVA, P. C. M.; DIAS, N. S.; LIRA, D. L. C. Estudo da área de preservação permanente do rio Mossoró no sítio urbano de Mossoró-RN por meio de técnicas de geoprocessamento. Revista Caatinga (Online), v. 25, n. 2, p. 177-183, 2012.

BAPTISTA, M.; CARDOSO, a. Rios e cidades: uma longa e sinuosa história. Rev. Ufmg (Online), belo horizonte, v. 20, n.2, p. 124-153, jul./dez. 2013

BELLUTA, I.; NEVES, R. C. F.; ZAMPIERI, F. E. S.; SILVA, R. F. B.; SARTORI, A. A. C.; ZIMBACK, C. R. L. Aplicação de técnica de geoprocessamento em áreas degradadas de mata ciliar e sua correlação com qualidade da água numa sub-bacia hidrográfica. Irriga (Online), v. 16, n. 2, p. 177-198, 2011.

BOCAIUVA, A. L. Área de preservação permanente ripária urbana: estudo de caso do rio rainha. 2012. 75 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Urbana e Ambiental), Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUC-Rio, 2012.

BRAGA, B.; HESPANHOL, I.; CONEJO, J. G. L.; MIERZWA, J. C.; BARROS, M. T. L.; SPENCER, M.; PORTO, M.; NUCCI, N.; JULIANO, N.; EIGER, S. Introdução à engenharia ambiental. 2ª edição. São Paulo: Person Prentice Hall, 2005.

BRASIL. Lei nº 12.651, de 25 de maio de 2012. Dispõe sobre a proteção da vegetação nativa e dá outras providências. Presidência da República. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2012/Lei/L12651.htm>. Acesso em: 25 jun 2016.

CABRAL, J. J. S. P.; PREUSS, S. L. C.; FONSECA NETO, G. C. Capibaribe e seus afluentes na planície de recife: visão multidisciplinar de um rio urbano e sua importância para o sistema de drenagem das águas pluviais. XII SIMPÓSIO DE RECURSOS HIDRÍCOS DO NORDESTE. 2014.

CELPE. Relatório Ambiental Simplificado para Instalação de Linha de Transmissão 69 Kv Juazeiro/Petrolina II Disponível em:<http://www.celpe.com.br/Documents/PBA/RAS%20LT_CELPE_DEFINITIVA_IBAMA.pdf>. Acesso em: 30 jun 2016

CREMONEZ, F. E.; CREMONEZ, P. A.; FEROLDI, M.; , CAMARGO, M. P.; KLAJN, F. F.; FEIDEN, A. Avaliação de impacto ambiental: metodologias aplicadas no Brasil. Revista Monografias Ambientais – REMOA (Online), v.13, n.5, p.3821-3830, 2014.

IBGE – Instituto Brasileiro de Estatística. Dados gerais do município do recife. 2013. Disponível em: <http://ibge.gov.br/cidadesat/painel/painel.php?lang=&codmun=261160&search=pernambuco|recife|infograficos:-dados-gerais-do-municipio>. Acesso em: 26 jun 2016.

MELO, V. M.. As Paisagens do Rio Capibaribe no Século XIX e suas Representações. Paisagem Ambiente: ensaios (online), v., n. 23, p. 253 - 263, 2007.

NÓBREGA, A. S. C. Fontes De Contaminação No Estuário Do Rio Capibaribe, Pernambuco. 2011. 57f. Monografia (Bacharelado em Ciências Biológicas com ênfase em Ciências Ambientais), Universidade Federal de Pernambuco. 2011.

OJEDA, K. C.; SIQUEIRA, F. M. B.; PINTO, A. A. S. Diagnóstico ambiental da área de preservação permanente no alto curso do córrego do São Gonçalo, Cuiabá-MT. IV Congresso Brasileiro de Gestão AmbientalSalvador/BA. IBEAS - Instituto Brasileiro de estudos Ambientais e Saneamento, 2013.

OLIVEIRA, I. S. D; MONTAÑO; SOUZA, M. P. Avaliação Ambiental estratégica. São Carlos: Suprema, 2009. 220p.

PREFEITURA DO RECIFE. Clima e Temperatura. Disponível: <http://www.turismonorecife.com.br/pt-br/informacoes-importantes/clima-e-temperatura>. Acesso em: 04 de jun 2016.

PREFEITURA DO RECIFE. Lei Orgânica Nº 16.930, de 17 de dezembro de 2003 - Modifica o código do meio ambiente e do equilíbrio ecológico do recife, define os critérios para o estabelecimento da área de preservação permanente no recife e cria o setor de sustentabilidade ambiental. Disponível em: <https://leismunicipais.com.br/a1/pe/r/recife/leiordinaria/2003/1693/16930/lei-ordinaria-n-16930-2003-modifica-o-codigo-do-meio-ambiente-e-do-equilibrio-ecologico-do-recife-define-os-criterios-para-o-estabelecimento-da-area-de-preservacao-permanente-no-recife-e-cria-o-setor-de-sustentabilidade-ambiental>. Acesso em: 27 jul 2016.

PREFEITURA DO RECIFE. LEI Nº 17.511/2008. Promove a revisão do plano diretor do município do Recife. Disponível em: <https://leismunicipais.com.br/a1/plano-diretor-recife-pe> . Acesso em: 28 jul 2016.

PEREIRA, I. M.; BOTELHO, S. A.; MACHADO, E. L M.; SILVEIRA, C. J. A. Tree species occurring on ariparian slope and correlations with soil variables in the upper Grande River, Minas Gerais, Brazil. Ciência Rural (Online), v.42, n.12, p.2192-2198, 2012.

ROSSI, W.; BRANCO, L. C.; LACERDA, J. A.; GOMES, A. C., WAGNER,E. M. S. Fontes de Poluição e o Controle da Degradação Ambiental dos Rios Urbanos em Salvador. RIGS - Revista interdisciplinar de gestão social (Online), v.1 n.1 jan. / abr. 2012.

SANTOS, A. L.; SANTOS, C. C.; SILVA, J. C. F. Problemática ambiental dos rios urbanos: uma análise da situação dos ribeirinhos do riacho doce da cidade, Lajedo – PE. p.720-728 in SEABRA, G.; MENDONÇA, I. (org.). Educação ambiental: Responsabilidade para a conservação da sociobiodiversidade. João Pessoa: Editora Universitária da UFPB, v 4, 1.641p, 2011.

SANTOS, C. L.; VITAL, S. R. O. Formation of processes erosion associated with the use and occupation of soil in the Ribeira river basin, city of Santa Rita / PB. Revista Geama (Online), v.6, n.1, p., 2016.

Downloads

Publicado

2017-12-22

Como Citar

Bezerra, A. P. X. de G., Gabriel, F. Ângelo, Lorena, E. M. G., dos Santos, Ítala G. S., da Silva, M. C., & Rolim Neto, F. C. (2017). Environmental Diagnosis of Permanent Preservation Areas (APP) of the Capibaribe River in the city of Recife – PE. Revista Geama, 4(1), 5–12. Recuperado de http://journals.ufrpe.br/index.php/geama/article/view/1027

Edição

Seção

EMISSÕES ATMOSFÉRICAS