Qualidade de agregados em solo ácido tratado com gesso

Autores

  • Igor Tenório Marinho da Rocha Universidade Federal Rural de Pernambuco. Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos, Recife, PE, Brasil. CEP: 52.171-900.
  • Fernando José Freire Professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco, Sede, Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, CEP: 52171-900, Recife – PE, Brasil http://orcid.org/0000-0002-3264-712X
  • Edivan Rodrigues Souza Professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco, Sede, Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, CEP: 52171-900, Recife – PE, Brasil http://orcid.org/0000-0002-2442-7266
  • Emídio Cantídio Almeida de Oliveira Professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco, Sede, Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, CEP: 52171-900, Recife – PE, Brasil http://orcid.org/0000-0002-9283-7910
  • Djalma Euzébio Simões Neto Estação Experimental de Cana-de-açúcar do Carpina, Universidade Federal Rural de Pernambuco. Bairro Novo, Carpina - PE, 55812-010. http://orcid.org/0000-0002-2071-5674
  • Renato Lemos dos Santos Federal Institute of Pernambuco, Vitória de Santo Antão – PE, Brazil http://orcid.org/0000-0001-7396-1759

Palavras-chave:

Weathered soils, Soil aggregation, Aggregate stability, Soil porosity

Resumo

A aplicação de gesso em solos ácidos é um manejo agrícola recomendado para reduzir teores elevados de Al3+ e aumentar teores baixos de Ca2+. Contudo, poucos estudos têm sido realizados para avaliar seu efeito sobre a qualidade dos agregados, principalmente de solos intemperizados, que possuem naturalmente uma elevada agregação. Nesses solos, a substituição do Al3+ por Ca2+ no complexo de troca pode provocar dispersão e redução da agregação do solo. Esse estudo teve por objetivo avaliar o efeito da aplicação de gesso agrícola na qualidade da agregação de um Argissolo Amarelo ácido. Para isso foram aplicadas cinco doses de gesso agrícola (0, 2, 4, 6 e 8 Mg ha-1). O experimento foi realizado em campo em delineamento em blocos ao acaso com cinco tratamentos e quatro repetições. Nós avaliamos o índice de estabilidade dos agregados e também a percentagem, diâmetro médio geométrico e diâmetro médio ponderado dos agregados, bem como a macro e microporosidade do solo. Houve redução em torno de 5% na percentagem de agregados com diâmetro entre 1,0-0,5 mm com a aplicação de gesso agrícola, indicando perda na qualidade dos agregados.

Biografia do Autor

Igor Tenório Marinho da Rocha, Universidade Federal Rural de Pernambuco. Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos, Recife, PE, Brasil. CEP: 52.171-900.

Agrônomo pela UFAL, Mestre e Doutor em Agronomia (Ciência do Solo) pela UFRPE.

Fernando José Freire, Professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco, Sede, Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, CEP: 52171-900, Recife – PE, Brasil

Possui Graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (1985), Mestrado em Agronomia (Ciência do Solo) pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (1991) e Doutorado em Solos e Nutrição de Plantas pela Universidade Federal de Viçosa (2001). Pós-Doutorado em Solos e Nutrição de Plantas pela Universidade Federal de Viçosa (2008). Pós-Doutorado na Texas A&M University nos EUA (2016). Docente do Departamento de Agronomia da Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Edivan Rodrigues Souza, Professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco, Sede, Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, CEP: 52171-900, Recife – PE, Brasil

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal Rural do Semiárido (2004); Mestrado (2007) e Doutorado (2010) em Ciência do Solo pela UFRPE. É professor Associado, Nível I, Departamento de Agronomia/UFRPE. 

Emídio Cantídio Almeida de Oliveira, Professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco, Sede, Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, CEP: 52171-900, Recife – PE, Brasil

Professor Adjunto IV do Departamento de Agronomia da Universidade Federal Rural de Pernambuco, na área de Fertilidade do Solo (2013-Atual). Docente Permanente do Programa de Pós-Graduação em Agronomia: Ciência do Solo da UFRPE (2012-Atual).

Djalma Euzébio Simões Neto, Estação Experimental de Cana-de-açúcar do Carpina, Universidade Federal Rural de Pernambuco. Bairro Novo, Carpina - PE, 55812-010.

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (1977), mestrado em Solo e Nutrição de Plantas pela Universidade de São Paulo - USP/ESALQ (1987) e doutorado em Agronomia (Ciências do Solo) pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (2008). Atualmente é Coordenador da Estação Experimental de Cana-de-açúcar do Carpina da UFRPE e Coordenador do Programa de Melhoramento Genético da Cana-de-açúcar da UFRPE/RIDESA, desde 1993.

Renato Lemos dos Santos, Federal Institute of Pernambuco, Vitória de Santo Antão – PE, Brazil

Professor do IFPE Campus Vitória de Santo Antão. Doutor e mestre em Agronomia (Ciência do Solo) pela UFRPE. Engenheiro Agrônomo pela UFRPE.

Referências

ALVARES, C.A.; STAPE, J.L.; SENTELHAS, P.C.; GONÇALVES, J.L.M.; SPAROVEK, V. Köppen’s climate classification map for Brazil. Meteorologische Zeitschrift, vol. 22, p. 711-728, 2013

ALVES, A.J.D.O. Caracterização e potencialidade dos solos da Estação Experimental de Cana-de-Açúcar de Carpina. Tese de Doutoramento, Recife, Universidade Federal Rural de Pernambuco, 154 p, 1994.

BERGAMIN, A.C.; VITORINO, A.C.T.; FRANCHINI, J.C.; SOUZA, C.M.A.D.; SOUZA, F.R.D. Compactação em um latossolo vermelho distroférrico e suas relações com o crescimento radicular do milho. Revista Brasileira de Ciência do Solo, vol. 34, p. 681-691, 2010.

CAIRES, E. F.; GUIMARÃES, A. M. A Novel Phosphogypsum Application Recommendation Method under Continuous No-Till Management in Brazil. Agronomy Journal, vol. 110, p. 1-9, 2018.

CARVALHO, M.C.S.; RAIJ, B.V. Calcium sulphate, phosphogypsum and calcium carbonate in the amelioration of acid subsoils for root growth. Plant and Soil, vol. 192, p. 37-48, 1997.

CASTRO FILHO, C.; MUZILLI, O. ; PODANOSCHI, A.L. Estabilidade dos agregados e sua relação com o teor de carbono orgânico num latossolo roxo distrófico, em função de sistemas de plantio, rotações de culturas e métodos de preparo das amostras. Revista Brasileira de Ciência do Solo, vol. 22, p. 527-538, 1998

CAVALIERI, K.M.V.; CARVALHO, L.A.; SILVA, A.P.; LIBARDI, P.L.; TORMENA, C.A. Qualidade física de três solos sob colheita mecanizada de cana-de-açúcar. Revista Brasileira de Ciência do Solo, vol. 35, n. 5, p. 1541-1549, 2011.

CHI, C.; ZHAO, C.; SUN, X. ; WANG, Z. Reclamation of saline-sodic soil properties and improvement of rice (Oriza sativa L.) growth and yield using desulfurized gypsum in the west of Songnen Plain, northeast China. Geoderma, vol. 187, p. 24-30, 2012.

DONAGEMA, G.K.; CAMPOS, D.V.B.; CALDERANO, S.B.; TEIXEIRA, W.G.; VIANA, J.H.M. Manual de métodos de análise de solo. Rio de Janeiro, Embrapa, 230 p., 2011.

GUARÇONI, A.; FAVARATO, L. F.; STIPP, S. R.; CASARIN, V. Manejo da fertilidade do solo para uma produção agropecuária mais sustentável. Incaper em Revista, v. 10, p. 22-42, 2019.

KEMPER, W.D.; CHEPIL, W.S. SIZE DISTRIBUTION OF AGGREGATES. In: BLACK, C.A. (ed.) - Methods of Soil Analysis. Part 1. Physical and Mineralogical Properties, Including Statistics of Measurement and Sampling, Agron. Monogr. 9.1. Madison, ASA, SSSA, p. 499-510, 1965.

KUMAR, A.; SAHA, A. Effect of polyacrylamide and gypsum on surface runoff, sediment yield and nutrient losses from steep slopes. Agricultural Water Management, vol. 98, p. 999-1004, 2011.

LEBRON, I.; SUAREZ, D.L.; YOSHIDA, T. Gypsum Effect on the Aggregate Size and Geometry of Three Sodic Soils Under Reclamation. Soil Science Society American Journal, vol. 66, p. 92-98, 2001.

MAZURANA, M.; LEVIEN, R.; MÜLLER, J.; CONTE, O. Sistemas de preparo de solo: alterações na estrutura do solo e rendimento das culturas. Revista Brasileira de Ciência do Solo, vol. 35, p. 1197-1206, 2011.

MÜLLER, M.M.L.; TORMENA, C.A.; GENÚ, A.M.; KRAMER, L.F.M.; MICHALOVICZ, L.; CAIRES, E.F. Structural quality of a no-tillage red latosol 50 months after gypsum aplication. Revista Brasileira de Ciência do Solo, vol. 36, p. 1005-1014, 2012.

NISHIMURA, T.; YAMAMOTO, T.; SUZUKI, S.; KATO, M. Effect of Gypsum and Polyacrylamide Application on Erodibility of an Acid Kunigami Mahji Soil. Soil Science & Plant Nutrition, vol. 51, p. 641-644, 2005.

OLIVEIRA, M. P.; ROQUE, C. G.; PIATI, G. L.; GODINHO, O. L.; TEODORO, P. E. Plantas de cobertura e efeito residual do calcário e gesso nos atributos físicos do solo em

subsuperfície. Research, Society and Development, v. 9, p. 1-18, 2020.

RASOULI, F.; KIANI POUYA, A.; KARIMIAN, N. Wheat yield and physico-chemical properties of a sodic soil from semi-arid area of Iran as affected by applied gypsum. Geoderma, vol. 193–194, p. 246-255, 2013.

ROCHA, I. T. M.; FREIRE, F. J. ; SOUZA, E. R. ; SOBRAL, N. M. ; FREIRE, M. G. B. S.; OLIVEIRA, E. C. A.; SIMOES NETO, D. E. Aluminum buffering in acid soil under mineral gypsum application. African Journal of Agricultural Research, v. 12, p. 597-605, 2017.

SANTOS, R. L.; FREIRE, F. J.; AZEVEDO, V. M.; ROCHA, A. T.; TAVARES, J. A. Produção de capim elefante e movimentação de cátions em função de gesso mineral. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 17, p. 1030-1037, 2013.

SANTOS, R. L.; FREIRE, F. J. ; ROCHA, A. T. ; SILVA, J. A. A. ; TAVARES, J. A. ; FERREIRA, E. G. B. S. ; OLIVEIRA, E. C. A. . Elephant grass (Pennisetum purpureum Schum) biomass production with gypsum application as alternative source of energy in Brazil's semiarid area. Australian Journal of Crop Science, v. 9, p. 1082-1088, 2015.

SANTOS, E. L.; MARONEZE, L. P.; TONSIC, D. H.; ARMACOLO, N. M.; GUIMARÃES, M. F.; DEBIASI, H.; FRANCHINI, J.; BALBINO JR, A. A. Distribuição de raízes, resistência tênsil e friabilidade de agregados em solo com diferentes sistemas de manejo. Colloquium Agrariae, v. 16, p. 19-28, 2020.

SÉQUARIS, J-M. Modeling the effects of Ca2+ and clay-associated organic carbon on the stability of colloids from topsoils. Journal of Colloid and Interface Science, vol. 343, p. 408-414, 2010.

SIX, J.; BOSSUYT, H.; DEGRYZE, S.; DENEF, K. A history of research on the link between (micro)aggregates, soil biota, and soil organic matter dynamics. Soil and Tillage Research, vol. 79, p. 7-31, 2004.

SOUZA, G.S.D.; SOUZA, Z.M.D.; SILVA, R.B.D.; ARAÚJO, F.S.; BARBOSA, R.S. Compressibilidade do solo e sistema radicular da cana de açúcar em manejo com e sem controle de tráfego. Pesquisa Agropecuária Brasileira, vol. 47, p. 603-612, 2012.

TAVARES FILHO, A.N.; BARROS, M.F.C.; ROLIM, M.M.; SILVA, E.F.D.F. Incorporação de gesso para correção da salinidade e sodicidade de solos salino-sódicos. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, vol. 12, p. 247-252, 2012.

WHITTING, L.D.; ALLARDICE, W.R. X-RAY DIFFRACTION TECHNIQUES. In: Klute, A. (ed.) - Methods of soil analysis. Madison. ASA, SSSA, p. 331-359, 1986.

Downloads

Publicado

2020-12-16

Edição

Seção

ARTIGOS