Instagram como Ferramenta de Aprendizagem Colaborativa Aplicada ao Ensino de Química

Jocimario Alves Pereira, Jairo Ferreira da Silva Junior, Everton Vieira da Silva

Resumo


A sociedade contemporânea é marcada por um maciço compartilhamento de informação e comunicação. Essa característica global é histórica e gera vários fenômenos como alterações nos processos educacionais, que modifica a própria sociedade. O diálogo com essas novas realidades de aprendizagem fortalece a concepção da necessidade de melhoria da aprendizagem no ensino de Química e em outras áreas, pode se dar através de estratégias como o uso de redes sociais. Nessa propositura objetivamos aquilatar a concepção dos educandos sobre o uso e repasse de informação e colaboração no processo de ensino e aprendizagem dos mesmos sobre os estudos de química, tendo a rede social Instagram como ferramenta de compartilhamento. O trabalho foi desenvolvido por alunos do 3º ano A, da Escola Estadual do Ensino Fundamental e Médio Padre Manoel Otaviano, no município de Ibiara-PB.  A metodologia utilizada foi, a criação de uma rede de compartilhamento para a turma na rede social, onde se deu a partilha de memes e, depois, a avaliação dessa ação e sua influência no processo de aprendizagem. Por fim os objetivos do projeto foram concretizados com êxito, semeado a ideia que as redes sociais podem e devem estar integradas a prática didático-pedagógica do processo de ensino e aprendizagem não apenas pelas potencialidades de disseminação das informações, mas por ser parte do cotidiano dos educandos, sempre tendo em mente que a formação cidadã na contemporaneidade deve levar em consideração as habilidades no mundo virtual.


Palavras-chave


Web 3.0; Redes Sociais; Ensino Compartilhado.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Jocimario Alves Pereira, Jairo Ferreira da Silva Junior, Everton Vieira da Silva